Operação Urbana BH - Corredor Arrudas

Urbanismo

A Operação Urbana consorciada do Corredor Arrudas foi desenvolvida em 2013 pela BCMF Arquitetos (em parceria com AECOM, DG Arquitetura e Vazio SA), como parte de uma PMI (Procedimento de Manifestação de Interesse) liderada pelo consórcio das construtoras Andrade Gutierrez, Odebrecht e Barbosa Melo, para a Prefeitura Municipal de Belo Horizonte. Visava recuperar o rio na paisagem de Belo Horizonte, melhorar a conexão entre a porção Sul e Norte da cidade e desenvolver novas centralidades, promovendo o adensamento urbano a partir da capacidade da rede de transporte público e a instauração de espaços públicos valorizados, em um desenho urbano voltado para o pedestre.

Inicialmente, foi feito um estudo focado principalmente nas regiões do Centro Histórico (67,54 Ha), Lagoinha (70,33 Ha), Parque Municipal/Floresta (94,93 Ha), Boulevard Arrudas / Santa Tereza (112,39 Ha) e Barro Preto (137,13 Ha).

Numa segunda fase, os estudos foram ampliados para cinco macro-regiões : Parque Bacia do Calafate (312,08 Ha), compreendendo os bairros da Gameleira, Coração Eucarístico e Nova Suíssa; Boulevard Oeste (253,93 Ha), compreendendo a região oeste do Centro, e os bairros Calafate, Carlos Prates e Prado; Central (505,06 Ha), compreendendo o Centro da Cidade, propriamente dito; Lagoinha (48,48 Ha); Parque Linear Leste (279,73 Ha), compreendendo trecho ao longo da Av. dos Andradas, entre Av. do Contorno e Rua Ituiutaba.

Foram feitos vários workshops e diagnósticos pela equipe multidisciplinar junto à Prefeitura de Belo Horizonte, para a sugestão de Parâmetros de Uso e Ocupação do Solo e Tipologias (Modelos de Assentamento), incluindo mapeamento completo das áreas e Estudos de Massa para as cinco macro-regiões, além do Mapeamento de implantação de Habitações populares.

Foram elaborados também em nível de Estudo Preliminar:

–        Estudos de Mobilidade Urbana (Estudos de Hierarquia e Classificação Viária; Estudo de implantação de ciclovias; Estudos Preliminares de Arquitetura de Obras de Arte, Mapeamento de todas intervenções e suas prioridades de implantação);

–        Estudos Ambientais;

–        Estudos de Arquitetura e Paisagismo para Praças e Parques Públicos, numa área total de 69,95 Ha;

–        IMAGENS 3D de todos os setores da área da Operação Urbana Consorciada do Vale do Arrudas (incluindo estudos comparativos da situação existente com a proposta);

–        Geoprocessamento (ArcGis): transformação de dados do projeto (MASTERPLAN / PLANO URBANÍSTICO) para elaboração de mapas em formato shape file, ArcGis, incluindo definição de parâmetros da base de dados contendo informações de mobilidade, ambientais, de uso e ocupação, de habitação, de equipamentos, de patrimônio, de limites e sócio-demográficasde todos os setores da área da OPERAÇÃO URBANA CONSORCIADA DO VALE DO ARRUDAS.



Projeto Masterplan Corredor Arrudas

Operação Urbana Consorciada Corredor Arrudas

Área aproximadamente 16km² do Corredor Arrudas.

Localização Belo Horizonte, MG

Ano 2013

Autores BCMF Arquitetos, Vazio S/A, DG Arquitetura, AECOM.

Equipe Patrícia Bueno, Charlotte Fredriksson, Leonardo Rodrigues, Gabriela Jacobina, Frederico Almeida, Carolina Eboli, Daila Araujo, Leonardo Rodrigues, Nick Bradley

Status Projeto